COMO NÃO PIRAR NA QUARENTENA?

Ou, como a quarentena pode te ajudar a ser uma pessoa melhor?

Crise de saúde pública, crise econômica, crise socio-comportamental (afinal de contas temos conscientizado os indivíduos para ações pensadas no coletivo, e isso não é corriqueiro na nossa sociedade individualista)… o que aprenderemos com isso tudo?

Com a chegada do novo Coronavírus no Brasil a geração Y, W, Z e Alfa (nascidos na década de 90 para cá) enfrentam sua primeira grande crise nacional. A situação é inevitável e em casos assim o que importa é como encaramos os fatos que nos é apresentado, como nos comportamos diante do problema.

Eu trabalho remotamente há mais de 4 anos e, considerando essa minha experiência, vou dar algumas dicas para você passar pela quarentena da melhor forma possível a ponto de sair dela uma pessoa e um profissional ainda melhor! Tome nota:

Como se manter produtivo em casa

  1. Crie uma rotina: programe seu dia para que ele seja o mais produtivo e saudável possível. Pensar apenas uma vez sobre um dia ideal significa poupar energia do seu cérebro todos os outros dias que seguem para simplesmente executar com maestria aquilo que já foi determinado como check-list.
  2. Separe seus afazeres em blocos: categorize cada tarefa de modo que você possa organizá-las da melhor forma possível. Cada sessão pode representar o período do dia (manhã, tarde e noite) ou da semana (por dias). As categorias podem ser agrupadas por tipos e criados fluxos por prioridades e mensurar tempo ou quantidade. Olha um exemplo:
    – dia 1, manhã
    ❏ categoria saúde: malhar (35 min);
    ❏ estudo: fazer 20 questões de concurso ;
    ❏ estudo: estudar todas as questões que errei .
    – dia 1, tarde
    ❏ trabalho/finança: conversar com contador (30 min);
    ❏ trabalho/blog: pesquisar temas para postar no blog (1h);
    ❏ trabalho/blog: escrever sobre o tema do mês de abril;
    ❏ trabalho/blog: publicar texto do mês de março
    .
  3. Disciplina: antes de implementar atitude disciplinada você precisa criar suas próprias regras. Quando a gente é criança quem faz isso pela gente é a escola, nossos pais, ou quaisquer adultos que nos tutora. Mas agora somos adultos e devemos testar, estabelecer e estabelecer nossas próprias regras. Vale usar celular durante o bloco de tempo do trabalho? Se sim, podemos usar redes sociais? Se sim, podemos responder aos amigos e rir de memes que não têm a ver com nosso trabalho?
    Criar suas própria rotina requer lidar com todas as consequências. Independente de chefe, independente de cliente, você precisa agir de modo coerente com o resultado que espera de cada atitude sua. E isso é maravilhoso!
  4. Informar a quem te cerca sobre as regras: assim como uma empresa formal tem manuais, regras e diretrizes e os informa aos empregados e clientes, você também o fará! Fale para sua família sobre os horários em que estiver trabalhando e evite ser interrompido (a).
  5. Tomar nota de tudo: seja fazer lista de lugares para visitar, filmes para assistir ou um termo que ouviu pela primeira vez para pesquisar melhor mais tarde. Delegar atribuições futuras para o papel (ou nota digital, caso utilize o celular ou computador com facilidade) é poupar seu cérebro para trabalhar melhor aqui e agora.

O ócio criativo para não pirar

Busque novos repertórios: estudar, ouvir, ler, experienciar. Experimente o novo sempre que puder. A rotina pode ser dolorida para quem precisa fazer as mesmas coisas todos os dias e sempre tenta fazer da mesma forma. Sempre que possível tente mudar o modo como executa suas tarefas e coloque seus métodos a prova. – se na sua lista de afazeres diários tem exercício físico, por exemplo, e você reduziu essa tarefa a frequentar a academia mais próxima da sua casa e fazer a mesma série de exercícios todos os dias que tal experimentar uma aula diferente, ou fazer a mesma série em um ambiente diferente.

Desafie-se dentro do que já se propôs a fazer. Sua vida nunca será chata com essa conduta. E como estamos em quarentena, quer oportunidade maior do que essa para se reinventar?

Como sou boazinha, vou te ajudar a começar! Abaixo descrevo uma lista de coisas para preencher o tempo livre durante a quarentena. Lembrando que não estamos de férias e quero ver todo mundo trabalhando e estudando a maior parte do dia, mas o tempo que você perderia no transporte até seu trabalho/escola/faculdade/grupo social, você pode fazer:

  1. Começar a ouvir Podcasts: pessoalmente eu prefiro ouvir justamente enquanto me desloco de um lugar para outro na cidade, e como estamos impossibilitados no momento, isso não vai acontecer. Mas experimente ouvir enquanto lava louça ou enquanto toma banho. É muito legal aprender algo ou se informar apenas ouvindo e poder se concentrar em outras coisas ao mesmo tempo!
  2. Fazer aquele curso que você protela há anos: sabia que tem inúmeros cursos online muito legais? A internet ajuda você a estudar e aprender coisas sem sair da cama;
  3. Arrumar o seu armário e separar itens para doação: ainda mais agora, a economia colaborativa pode salvar muita gente;
  4. Ler um livro: aproveite nosso cupom MENTEBRAVA e ganhe 50% de desconto lá no site da Editora Cobogó
  5. Assistir séries, filmes e documentários: faça uma lista de boas produções. Esquece a comédia aguá-com-açucar e tente escolher obras que te inspire e ensine.
  6. Seguir playlists diferentonas no seu streaming de música preferido: comece se arriscando sozinho e o algoritmo vai indicando coisas diferentes para você conhecer mais músicas que nunca ouviu antes. Eu uso o Deezer e o Spotify, quem quiser pode me seguir.

Observe a si mesmo e ao próximo

O seu tempo vale muito
Em situações de crise a gente gerencia melhor nossas prioridades e não pira! rs Já reparou na quantidade de afazeres que você pode remanejar, adiar ou até mesmo cancelar da sua rotina?

O seu dinheiro pode render mais
Hey, seu dinheiro é muito caro! Você precisa parar com hábitos de consumo que são completamente supérfluos (como comer fora de casa, delegar uma tarefa doméstica – como uso de lavanderia, por exemplo- e compra de itens dispensáveis.)

Empatia é um exercício de cidadania
Somos mais de 7 bilhões de pessoas na Terra! E não apenas você e sua família. Uma crise como esta evoca uma série de morais a respeito de como lidar com o próximo e como sua ação individual interfere no coletivo (social e inclusive economicamente, usando o exemplo do álcool em gel que esgotou-se e teve seu valor de mercado superestimado para atender ao estoque dos egoístas).

Em qualquer situação, histeria não ajuda
Os Bravos que checam informações antes de compartilhar, que pesquisam antes de agir, que avaliam antes de decidir, eliminam a possibilidade de histeria. Não compartilhem Fake News, não tome decisões no impulso, separe um momento específico do seu dia para ler notícias para não ser levado na onda sensacionalista e desesperada.


Lembrando que quarentena não é férias! Use o app Sus-coronavírus para identificar as principais informações sobre o vírus. Lave as mãos! Repense seu estilo de vida. Faça do limão uma limonada. Cuide-se. Seja MenteBrava!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *